sexta-feira, 13 de abril de 2012

Maioridade

Maioridade

Faça um quadro, sugira um brinde, leia um verso.
Busque no peito, no pé, na garganta.
Guarde na cabeça, amarre um cordão no dedo.
Encontre a saída longe das portas.

Faça o que você achar que deve pra ser feliz.

Fuja do comum.
Vire o mundo pelo avesso.
Construa um mundo melhor.

Mas não me aguente em nenhum segundo que seja.
Não gratuitamente, não por mera rotina.

Escreva seu verso, monte seu livro, abra seus caminhos.
Se couber, me coloque neles.

Mas não me suporte nem por um piscar de olhos.
Se encaixar na sua vida, me ame.

Se não, ame o nosso passado.

Não quero ser uma instituição.

Quero tão somente e pra sempre ser sua mulher.

terça-feira, 10 de abril de 2012

Balanço


Mais rede, menos rede.
Mais sentimento, menos sentimento.
Mais paixão, menos paixão.
Mais certeza, menos certeza.
Menos tristeza.
Mais luz.
Menos agonia.
Mais paz.
Menos egoísmo.
Mais plenitude.
Menos regras.
Tudo que a vida der.
Tudo o que não der.
Mais piano. Mais piano.
Mais praia, mais campo.
Mais almoço com irmãos.
Mais risos com meus filhos.
Mais amor. Mais amor. Mais amor.
Menos lógica.
Menos métrica.
Menos rima.
Mais poesia.
Mais vida depois dos 40....

Tem uma palavra que tudo resume, Tudo explica e preenche os espaços. Uma palavra que ilustra e liga. Religa. Existem laços que são p...