quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Oferendas

Filhos são oferendas para o mundo
Flores jogadas ao mar
Garrafas com mensagens de fé
Cânticos de esperança

Filhos são entranhas
Tripas, bofes e coração
Unhas encravadas
Dores de coluna

Presentes e ofertas aos Deuses
Residem na dualidade
Moram no campo diverso
Dor que sinto e adormeço

Filhos são amor, missão
tesouros irmanados
prendas que nunca são nossas
canto da sereia
final e ponto.
Saudade é porto sem mar.

Tem uma palavra que tudo resume, Tudo explica e preenche os espaços. Uma palavra que ilustra e liga. Religa. Existem laços que são p...